Texto de Ermínia Maricato sobre as enchentes

Muito interessante este texto de Ermínia Maricato sobre o problema da urbanização e suas consequências sobre as tragédias acontecidas nos últimos anos: “As tragédias urbanas: desconhecimento, ignorância ou cinismo?

Destaco alguns trechos:

A mídia repete a ausência do planejamento e da prevenção aliada à falta de responsabilidade e “vontade política” dos governos (muitos dos jornalistas como os colunistas globais, donos da verdade, se esquecem de que pregaram o corte dos gastos públicos e das políticas sociais durante duas décadas).

Controlar a ocupação da terra quando esta é a mola central e monopólio de um mercado socialmente excludente (restrito para poucos, apesar da ampliação recente promovida pelos programas do Governo Federal) viciado em ganhos especulativos desenfreados, é inviável.

A localização da terra ou do imóvel edificado é o que conta. Há uma luta surda e ferrenha pelas melhores localizações, assim como pela orientação dos investimentos públicos que causam aumento dos preços e valorização dos imóveis em determinadas áreas da cidade.

Ao lado do capital imobiliário, as grandes empreiteiras de obras de infra-estrutura orientam o destino das cidades quando exercem pressão sobre os orçamentos públicos (via vereadores, deputados, senadores ou governantes) para garantir determinados projetos de que podem ser oferecidos ao governante de plantão como forma de “marcar” a gestão. As obras determinam o processo de urbanização mais do que leis e Planos Diretores, pois o que temos, em geral, são planos sem obras e obras sem planos.

Vale a pena conferir o texto completo na Revista Caros Amigos.

2 thoughts on “Texto de Ermínia Maricato sobre as enchentes”

  1. olá tudo bem?

    Cpmeçei este ano a cursar Arquitetura eUrbanismo, gostaria de saber de vc. Qual eó assunto melhor para poder fazer minha monografia.

    1. Minha sugestão é: se vc começou a pouco tempo, espere um pouco para começar a pensar no trabalho final (que não é monografia, costuma ser uma proposta espacial). Aproveite para conhecer o maior número de temas e áreas de atuação possível, faça pesquisa, estagie em escritórios, e depois aos poucos vá focando na área que mais despertar seu interesse.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *