O surgimento do planejamento urbano

O planejamento surgiu como uma resposta aos problemas enfrentados pelas cidades, tanto aqueles não resolvidos pelo urbanismo moderno quanto aqueles causados por ele. A expressão “planejamento urbano” vem da Inglaterra e dos Estados Unidos, e marca uma mudança na forma de encarar a cidade e seus problemas. Uma modificação importante refere-se ao reconhecimento do fenômeno … Continue lendo… →

As origens do planejamento urbano

As raízes do planejamento urbano remontam ao trabalho dos primeiros urbanistas, que se insurgiram contra as conseqüências advindas da intensa urbanização causada pela Revolução Industrial (HALL, 2002, CHOAY, 2003). Essas cidades acabaram sendo tomadas pelas edificações, gerando um ambiente urbano insalubre, sem condições mínimas de infra-estrutura que pudesse dar conta da densidade instalada. Assim as … Continue lendo… →

Impacto de vizinhança

Isso é que é impacto de vizinhança! Conta a lenda o seguinte: Um cidadão de Utah, Mark Easton, reclamou na prefeitura local que a casa que o seu vizinho havia construído diante da dele era 50 cm mais alta do que a norma permitia e que, por isso, destruía a visão das belas montanhas. A … Continue lendo… →

Cenários em planejamento urbano

Um dos termos da moda em planejamento urbano é “cenário”. Muito se fala hoje em dia sobre os cenários, mas percebo que essa espécie de “coringa” acaba sendo usada indiscriminadamente, referindo-se a conceitos que, na verdade, não podem ser considerados cenários. Mas o que são cenários, afinal de contas? Marcelo Lopes de Souza (2003) argumenta … Continue lendo… →

Estatuto da Cidade – breve histórico

O texto a seguir foi extraído da revisão bibliográfica da minha tese de doutorado, intitulada “Concepção de um sistema de suporte à elaboração de planos diretores participativos“. Foto: Eugenia Karnaukhova. O planejamento urbano no Brasil sofreu uma mudança importante a partir da promulgação do Estatuto da Cidade, Lei Federal 10.257/2001 que veio regulamentar os dois … Continue lendo… →

O problema do trânsito

O “nó” – Fonte: incredimazing.com Dia desses recebi um informativo do Deputado Marcos Vieira, falando sobre suas propostas e realizações no último ano. Uma delas defendia algumas soluções para o trânsito já velhas conhecidas por nós: elevados, viadutos, duplicações de vias, etc. etc. etc. Resolvi investir um tempinho e lhe fazer algumas sugestões. Quem sabe … Continue lendo… →

Guia do facilitador no planejamento participativo

Este livro é um dos melhores que eu já li sobre métodos participativos. Escrito de uma forma muito simples, com muitos gráficos que facilitam o entendimento dos pontos de vista apresentados, o livro “Facilitator’s guide to participatory decision-making“, de Kaner et al (1996), dá uma geral sobre o processo participativo, destacando suas etapas e algumas … Continue lendo… →

Ajuste de terras

Um instrumento que pode ser útil para a realidade está ilustrado nesta reportagem sobre ajuste de terras. Ele funciona através do redimensionamento, reposicionamento e redesenho dos lotes de uma determinada área para melhorar a qualidade urbana do local, trazendo melhorias estruturais. Fonte: Portal Japão. Aparentemente, é o instrumento ideal para áreas onde o parcelamento é … Continue lendo… →