Planejamento, desigualdade e o uso de bicicletas nas cidades brasileiras

Em todo o mundo, cidades grandes e pequenas sufocadas pelo trânsito cada vez maior de automóveis, já perceberam que o modo mais fácil de resolver o problema é investir na implantação de sistemas cicloviários, conscientes do benefício global que o uso da bicicleta em grande escala pode trazer. Ocupando 10% do espaço de um carro ao estacionar ou circular, a bicicleta é uma das soluções mais viáveis e baratas para melhorar a qualidade de vida de uma cidade. … Continue lendo… →

Avaliação: 54th IFHP World Congress 2010

O 54th IFHP World Congress 2010, que ocorreu em Porto Alegre de 14 a 17 de novembro último, teve como tema a “Construção de Comunidades para as Cidades do Futuro”. A IFHP (International Federation for Housing and Planning) escolheu a PUC de Porto Alegre como sede do evento e trouxe nomes de peso como Saskia … Continue lendo… →

Tipos de desenho urbano

O desenho urbano, por ficar na maioria das vezes entre as “escalas” do planejamento urbano e da arquitetura, acaba também sofrendo pela indefinição dos instrumentos mais adequados para a sua implementação. Este post mostra uma classificação dos tipos de desenho urbano que ajuda a jogar luz sobre o problema. … Continue lendo… →

Bicicletas, Transporte Urbano e Sustentabilidade

Dentro da perspectiva da sustentabilidade, fatores como a melhoria da qualidade do ar, a conservação de energia, a diminuição dos impactos gerados pelo trânsito, entre outros tópicos, são hoje enfrentados por diversos urbanistas em diferentes países numa tentativa de desenvolver programas urbanísticos de baixo nível de agressão ambiental. O transporte por bicicletas insere-se estrategicamente neste cenário, e precisa ser mais discutido aqui no Brasil. … Continue lendo… →

Fatores de vitalidade urbana em ruas comerciais

Em um estudo sobre a vitalidade de ruas comerciais, Vikas Mehta fez um exaustivo levantamento dos comportamentos de pessoas em 19 quarteirões de 3 ruas desse tipo em Boston, nos EUA. Comparando essas observações com o levantamento das características físicas dos trechos de quarteirão analisados, Mehta (2009) investigou a correlação entre esses aspectos, e chegou a conclusões interessantes. … Continue lendo… →

Sintaxe espacial e a teoria do Movimento Natural

Em outro post aqui no Urbanidades, já falei sobre a teoria da Sintaxe Espacial, de Bill Hillier. Neste post quero mostrar e comentar mais a fundo a teoria do Movimento Natural, que já havia sido citada brevemente no post anterior. Essa teoria é fundamental para a Sintaxe Espacial e foi responsável, em parte, pelo fortalecimento … Continue lendo… →