Pátios internos em Barcelona

Em visita a Barcelona, tive a oportunidade de visitar alguns pátios internos das manzanas utilizados como áreas públicas ou semi-públicas. Ao contrário do que eu imaginava, encontrar esse tipo de espaço não foi muito fácil. Por algum motivo eu tinha a impressão de que uma porcentagem significativa dos quarteirões possuíssem seus miolos permeáveis, mas chegando … Continue lendo… →

Spacemate, Spacematrix e o estudo das densidade urbanas

Densidade Urbana é um dos assuntos mais caros aos urbanistas e planejadores urbanos, tendo (teoricamente) influência sobre a vitalidade dos espaços urbanos, movimento de pedestres e veículos, redes de abstecimento de água, esgoto e energia elétrica, etc. Alguns atribuem até mesm maiores índices de criminalidade a densidades altas. Neste post mostraremos uma abordagem recente e muito interessante para o estudo das densidades, o SpaceMatrix. … Continue lendo… →

Condições para a Vitalidade Urbana #4 – Permeabilidade visual

Apenas a permeabilidade física pode não ser suficiente para a vitalidade. Neste post, examinamos a importância da conectividade visual entre edificação e espaço público. … Continue lendo… →

Condições para a vitalidade Urbana #1 – densidade

O primeiro e mais óbvio grupo de fatores a influenciar a vitalidade dos espaços públicos (ruas, praças, parques, largos, etc.) são aqueles relacionados aos aspectos quantitativos. Maiores quantidades de pessoas, usos e área construída estão direta e naturalmente relacionadas a uma maior quantidade de pessoas utilizando e interagindo nas ruas. … Continue lendo… →

Arquitetura, espaço urbano e criminalidade

Será publicado nos anais do II Enanparq, que acontece de 18 a 21 de Setembro próximo em Natal, um artigo de autoria de Mariana Vivan e coautoria minha, resultado da dissertação de mestrado conduzida pela autora junto ao PósArq UFSC. A pesquisa tratou de investigar a possível influência que relações de intervisibilidade entre os espaços públicos e privados possuem sobre a ocorrência de crimes na cidade. … Continue lendo… →

Planos locais

Um plano local pode ser entendido como um plano que, ao invés de abranger todo o limite do Município – como os planos diretores – ou mesmo toda a área urbana, concentra-se em estabelecer objetivos e definir diretrizes para o desenvolvimento físico-espacial de um bairro ou região de uma cidade, podendo algumas vezes limitar-se a áreas ainda menores. … Continue lendo… →

O conceito de Urbanidade

Em outro post, mostrei a discussão ocorrida na lista de email “Urbanidade”, sobre o conceito de… urbanidade. Para contribuir com o debate, trago aqui minhas considerações. Mas, seguindo o ditado de que uma imagem vale mais que mil palavras, mantenho o texto curto e ofereço várias fotos ilustrativas. … Continue lendo… →

Tipos de desenho urbano

O desenho urbano, por ficar na maioria das vezes entre as “escalas” do planejamento urbano e da arquitetura, acaba também sofrendo pela indefinição dos instrumentos mais adequados para a sua implementação. Este post mostra uma classificação dos tipos de desenho urbano que ajuda a jogar luz sobre o problema. … Continue lendo… →