Os muros

Descobri um site muito interessante, focado em infográficos: http://www.informationisbeautiful.net/.  Os gráficos são muito bonitos e conseguem passar muita informação de uma forma fácil de ser entendida e muito agradável visualmente. Chamou a atenção especialmente este gráfico, que mostra os muros e/ou fronteiras vigiadas pelo mundo afora. No Enanpur deste ano (2009) em Florianópolis, um dos … Continue lendo… →

Segregação espacial urbana

“É impossível esperar que uma sociedade como a nossa, radicalmente desigual e autoritária, baseada em relações de privilégio e arbitrariedade, possa produzir cidades que não tenham essas características”. (MARICATO, 2001, p. 51) Villaça (2001) argumenta que uma das características mais marcantes das metrópoles brasileiras é a segregação espacial das classes sociais em áreas distintas da … Continue lendo… →

O futuro de Floripa

Você já teve a sensação de ter sido copiado por antecipação? Você tem aquela idéia genial, que um dia você certamente vai transformar em realidade, mas fica se enrolando, entretido com os afazeres do cotidiano, e aí vem alguém mais competente (ou menos acomodado) que você e a executa? Pois é, foi essa a sensação … Continue lendo… →

O que é especulação imobiliária?

Este é um termo muito utilizado em praticamente todas as considerações sobre os problemas das cidades atualmente. No entanto, tenho percebido que não são muitas as pessoas que conseguem definir com clareza o que seja especulação imobiliária. Na maioria dos casos, elas associam o termo à construção de prédios em altura e, mais especificamente, a … Continue lendo… →

Sintaxe Espacial

Criada por Bill Hillier e seus colaboradores da Universidade de Londres, no começo da década de oitenta, a Teoria da Sintaxe Espacial busca descrever a configuração do traçado e as relações entre espaço público e privado através de medidas quantitativas, as quais permitem entender aspectos importantes do sistema urbano, tais como a acessibilidade e a … Continue lendo… →

Condomínios fechados

Visitando Campo Grande – MS, fiquei impressionado com a quantidade de condomínios fechados existentes. A maior parte deles está localizada em bairros de classe média e média alta, em áreas de expansão da cidade mas que nem por isso podem ser consideradas periféricas. A abertura de uma generosa “via-parque” mudou a acessibilidade de uma grande … Continue lendo… →