Arquitetura e o Ballet da Rua

Vale a pena dar uma conferida nesse documentário sobre a importância da arquitetura e dos tipos arquitetônicos para a vitalidade dos espaços urbanos. Segundo seus idealizadores, ” ‘Arquitetura e o Ballet da Rua’ é um curta-metragem sobre os ‘efeitos sociais da arquitetura’, enfatizando o papel da arquitetura na presença pedestre e na vida de bairros … Continue lendo… →

Condições para a Vitalidade Urbana #4 – Permeabilidade visual

Apenas a permeabilidade física pode não ser suficiente para a vitalidade. Neste post, examinamos a importância da conectividade visual entre edificação e espaço público. … Continue lendo… →

Condições para a Vitalidade Urbana #3 – Características da relação edificação x espaço público

Como terceiro fator a contribuir para a vitalidade dos espaços urbanos, destacamos as características das edificações, especialmente no que diz respeito às suas relações com os espaços abertos. A maneira como as edificações estão posicionadas e a forma como configuram seus sistemas de barreiras e permeabilidades em relação às ruas podem influenciar diretamente na vitalidade. … Continue lendo… →

Condições para a vitalidade Urbana #1 – densidade

O primeiro e mais óbvio grupo de fatores a influenciar a vitalidade dos espaços públicos (ruas, praças, parques, largos, etc.) são aqueles relacionados aos aspectos quantitativos. Maiores quantidades de pessoas, usos e área construída estão direta e naturalmente relacionadas a uma maior quantidade de pessoas utilizando e interagindo nas ruas. … Continue lendo… →

Arquitetura, espaço urbano e criminalidade

Será publicado nos anais do II Enanparq, que acontece de 18 a 21 de Setembro próximo em Natal, um artigo de autoria de Mariana Vivan e coautoria minha, resultado da dissertação de mestrado conduzida pela autora junto ao PósArq UFSC. A pesquisa tratou de investigar a possível influência que relações de intervisibilidade entre os espaços públicos e privados possuem sobre a ocorrência de crimes na cidade. … Continue lendo… →

Tipos arquitetônicos e vitalidade urbana

Este texto foi redigido pelo Prof. Vinicius de Moraes Netto (UFF-RJ), e diz respeito ao artigo “The convergence of patterns in the city: (Isolating) the effects of architectural morphology on movement and activity”, tratado em um post anterior. Nele, alguns resultados preliminares obtidos pelo estudo até o momento são apresentados. … Continue lendo… →

Artigo “Urgência do planejamento” na Arquitextos

Eu e o Prof. Vinicius de Moraes Netto, da Universidade Federal Fluminense (UFF), acabamos de publicar um artigo na revista Arquitextos fazendo uma crítica aos instrumentos atuais mais utilizados pelo planejamento urbano. Nele destacamos algumas incoerências entre a dinâmica urbana e esses instrumentos, que por isso acabam tendo eficácia limitada e às vezes até mesmo sendo nocivos à vida urbana. … Continue lendo… →