3 thoughts on “Lições de Copenhagen para as cidades brasileiras”

  1. Interessante o vídeo. Estou fazendo uma pós-graduação em Urban Design na Oxford Brookes University, Inglaterra, e aqui o livro do Jan Gehl “cities for people” é bíblia. Acho que no Brasil as mudanças nas cidades ainda são muito focadas em facilitar o trânsito de carros. Por mais que se diga que estão pensando no pedestre, não estão. Ainda se vê muita ampliação de vias, criação de estacionamento, viadutos… E quanto à ciclovias, espaços compartilhados e ruas pedestrializadas, são medidas muito tímidas ainda.

  2. tudo muito bonito e fácil para uma sociedade com baixíssima desigualdade social, sistema político transparente e corrupção inexistente…

    1. Felix e Renato

      tive exatamente essa impressão (Felix) ao ler o livro de Gehl, Cities for People. Nossa fratura social materializada no espaço urbano está numa realidade tão distinta da estudada no livro!!! Os relatos nos servem como inspiração para vislumbrarmos adaptações na concepção de espaços melhores.

Os comentários estão fechados.