Fatores Morfológicos da Vitalidade no ArchDaily

Estou escrevendo uma série para o Archdaily sobre os fatores morfológicos da vitalidade urbana. Na verdade, trata-se da revisão e ampliação de uma série de postspublicados aqui no Urbanidades. O primeiro texto já está disponível:

Fatores morfológicos da vitalidade urbana – Parte 1: Densidade de usos e pessoas

“Vitalidade urbana refere-se à vida nas ruas, praças, passeios e demais espaços públicos abertos. Mais especificamente, dizemos que um lugar possui vitalidade quando há pessoas usando seus espaços: caminhando, indo e vindo de seus afazeres diários ou eventuais; interagindo, conversando, encontrando-se; olhando a paisagem e as outras pessoas; divertindo-se das mais variadas maneiras e nos mais diversos locais; brincando, especialmente em parques e praças, mas também na rua; e assistindo apresentações artísticas, especialmente as informais e improvisadas, entre outras manifestações. Inclui também toda uma gama de atividades relacionadas às trocas comerciais, tais como entrar e sair de lojas, perguntar e pesquisar preços, olhar vitrines, comprar, pechinchar, etc.”

 

À medida que as novas partes forem publicadas, vou atualizando por aqui.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *