Características do planejamento

Davidoff e Reiner, em seu ótimo artigo “A choice theory of planning“, publicado originalmente em 1962 (!) levantam as seguintes características como definidoras do planejamento: 1. A realização (achievement) de objetivos O planejamento busca a realização de alguns objetivos, em função dos quais são definidos os meios. É um processo intencional de obtenção de situações … Continue lendo… →

Roma renascida

Pesquisadores da Universidade da Virginia, nos Estados Unidos, recriaram a Roma do ano 320 dC em computador, depois de 10 anos de trabalhos para modelar mais de 7.000 edificações. A base do trabalho foi uma maquete física da cidade, localizada no Museu da Civilização Romana, que foi “escaneada” e digitalizada para a construção da maquete … Continue lendo… →

Plano Diretor como orientador das ações urbanas

Já disse em outras oportunidades (aqui e aqui) que o plano diretor é um instrumento orientador das ações que incidem sobre o espaço urbano (e, em certa medida, também do rural) do Município, não apenas dos indivíduos (através principalmente da lei de zoneamento de uso e ocupação do solo) mas também do Poder Público, através … Continue lendo… →

Espaços públicos

Este post é o resultado de uma pequena revisão de literatura sobre o tema dos espaços públicos (praças, parques, etc.), e pretende fazer uma síntese do assunto e remeter a outras referências úteis. Importância dos espaços públicos Os espaços públicos desempenham diversas funções para a cidade. Entre elas, estão: Recreação; “Respiro” para o ambiente urbano … Continue lendo… →

Assim fica difícil trabalhar!

O urbanista, o engenheiro, o geógrafo, enfim, todos os profissionais que podem se considerar planejadores urbanos (e são muitos!) estudam durante vários anos, depois se especializam, ralam muito, investem horas, dias, anos em cima de livros, cadernos, estudos de caso, dados estatísticos e muitos outros tipos de informação, tudo para se capacitarem a, de alguma … Continue lendo… →

Circulação de pedestres

O Departamento de Transportes dos Estados Unidos tem uma publicação muito interessante sobre o projeto de infra-estrutura para o tráfego de pedestres, levando em consideração sobretudo a segurança. Chama-se “Pedestrian Facilities Guidelines: providing safety and mobility”. O manual, disponível em PDF, trata de muitas questões importantes para o desenho urbano, especialmente em projetos na escala … Continue lendo… →

Lei do Saneamento Básico

Entrou em vigor na última 5a-feira (22.02) a nova Lei de Saneamento Básico (Lei 11.445/2007). A lei prevê, entre outras obrigações do Poder Público: A necessidade de elaboração de um plano de saneamento básico (Art 9o – I); Estabelecer mecanismos de controle social (Art.9o – V); Estabelecer um sistema de informações sobre os serviços, articulado … Continue lendo… →

Decisões em planejamento

Eu gosto muito de uma abordagem do planejamento que o entende como um processo complexo de tomada de decisões. O texto clássico dessa abordagem é de Davidoff & Reiner (1973) – A choice theory of planning. Segundo ela, o planejamento nada mais é que escolher entre as alternativas possíveis aquela que melhor responde aos objetivos. … Continue lendo… →